ACIB, BiG e IFD divulgam novas oportunidades de financiamento para PME

A sessão de apresentação das “Novas Alternativas de Financiamento para PME”, realizada no dia 10 de abril, pela ACIB em parceira com o BIG - Banco de Investimento Global e com a IFD - Instituição Financeira para o Desenvolvimento, também conhecida como banco de fomento, teve como objetivo informar sobre vários instrumentos financeiros disponíveis de apoio às empresas na sua capitalização e no acesso a investidores profissionais.

Nesta sessão participada por 3 dezenas de empresários, esteve presente no acolhimento e abertura, o Presidente da Direção da ACIB, João Albuquerque, para abordar a "Oferta de Soluções de Capital IFD" contou-se com a representação do Coordenador Direção de Negócio da IFD, Pedro Magalhães e para abordar a "Importância da Capitalização para o Crescimento das PME", contou-se com a presença do Diretor de Corporate Finance do BIG, Bruno Caixeirinho.

João Albuquerque iniciou a sua intervenção salientando o quanto a ACIB se preocupa com toda a latitude de informação às empresas. Destacou as grandes expectativas que começaram a existir desde que se fala do IFD e da sua articulação aos programas de investimento. Referiu que "as questões das garantias mútuas é um assunto relevante para as empresas, bem como a ideia que saiu desde o Movimento Empresarial sobre Capitalizar as empresas. A relação com PT2020 e os Programas de Financiamento e a necessidade de rapidez". Disse também que as empresas e suas instituições representativas consideram como muito positivo o aparecimento de um novo player que possa agilizar o mercado.

O Presidente da ACIB, João Albuquerque, às 3 dezenas de empresários presentes, renovou a mensagem de "necessidade em Capitalizar, em criar balanços que sejam reflexo da atividade empresarial, em apostar no investimento e reforço das suas unidades para que possam aumentar a produtividade e competitividade". Terminou a sua intervenção reforçando que desde a ACIB "estivemos de forma continua a apoiar o reforço de modernização das empresas e a estabelecer ligações permanentes com os diferentes agentes que podem ajudar a atingir novos objetivos e novos patamares de execução".

Seguidamente interveio pelo IFD, Pedro Magalhães que iniciou a sua intervenção começando por referir que a IFD, assinou recentemente um contrato de empréstimo com o CEB para financiar pequenos negócios e empresas recentemente sujeitas a planos de reestruturação de dívida que apresentem perspetivas de viabilidade económica, tem vindo a apoiar o desenvolvimento do tecido empresarial português, colmatando as falhas de mercado no acesso ao financiamento das empresas, com enfoque nas Startups e Pequenas e Médias Empresas (PME) e, em particular, ao nível da capitalização e do financiamento de médio e longo prazo da atividade produtiva.

No decorrer da sua intervenção apresentou diversos instrumentos financeiros que se encontram disponíveis às empresas. Destaca-se a Linha de Crédito com Garantia Mútua, que pretende promover o financiamento das PME consideradas viáveis com projetos de inovação ou de reforço da capacitação empresarial para o desenvolvimento de novos produtos e serviços. Referiu que na linha Capitalizar Mais, o prazo de financiamento poderá ser estendido até 12 anos, com período de carência de capital até 3 anos.

Outro dos instrumentos revelados foi a Linha de Financiamento a Entidades Veículo de Business Angels, para coinvestimento com Business Angels em empresas, em particular nas mais novas e de menor dimensão, para as dotar dos meios financeiros, técnicos e de mentoria necessários.

Igualmente em destaque esteve a Linha de Financiamento a Fundos de Capital de Risco, uma solução que visa especificamente a criação ou o reforço de Fundos de Capital de Risco para investimento em projetos empresariais em fase de arranque ou de expansão e, por fim, também apresentado o Fundo de Coinvestimento 200M, produto que se destina a atrair SCR Internacionais para investir em start-ups portuguesas e a atrair start-ups empreendedores internacionais para Portugal. Pretende aumentar a atividade de Capital de Risco em Portugal através da mobilização de investidores experientes que, para além do investimento financeiro, também aportam às empresas competências técnicas, comerciais e de mercado, promovendo o desenvolvimento de melhores estratégias para incentivar a inovação, o crescimento e a internacionalização.

A sessão de trabalho foi concluída com a intervenção de Bruno Caixeirinho, pelo Banco BIG que apresentou o Capitalizer – solução digital inovadora do BIG que capacita as PME a aceder a capital junto de parceiros e investidores profissionais, incluindo private equities, grupos empresariais, fundos de investimento ou family offices: www.capitalizer.eu.

O Capitalizer democratiza o acesso por parte das PME aos serviços tradicionais de assessoria financeira prestados pela banca de investimento. A equipa de profissionais do Capitalizer estará disponível para apoiar as PME em todas as fases do processo de angariação de capital, incluindo serviços de assessoria na preparação de informação, na análise de propostas recebidas ou no decurso das negociações com investidores.

As pequenas e médias empresas e as mid caps são o motor da economia nacional, pelo que com esta sessão, a ACIB em parceira com Banco BIG e com a IFD, conseguiu, de uma forma mais prática e intimista, apresentar os diversos instrumentos de financiamento disponíveis, esclarecer os empresários como podem aceder às linhas de financiamento e de coinvestimento disponibilizadas pela IFD e pelos seus parceiros, que lhes permitam corresponder às suas necessidades e, por fim, informar sobre a existência do Capitalizer, nova solução à disposição que democratiza o acesso por parte das PME aos serviços tradicionais de assessoria financeira prestados pela banca de investimento.



Anexos:



SEDE ACIB


Largo Dr. Martins Lima, 10
4750-318 Barcelos

CONTACTOS


Tel: 253 821 935
Fax: 253 821 860
acib@acibarcelos.pt
acib@acib.eu
Copyright 2019, ACIB - Associação Comercial e Industrial de Barcelos